SSDPFRJ encerra primeira ciclo do Projeto “Jurídico Itinerante” com recorde de atendimentos em Macaé – SSDPFRJ
Voltar para Notícias
06/10/2017

SSDPFRJ encerra primeira ciclo do Projeto “Jurídico Itinerante” com recorde de atendimentos em Macaé

As descentralizadas de Macaé e Campos fecharam o primeiro ciclo do projeto  “Sindicato até Você”, que tinha como foco principal o Atendimento Jurídico Itinerante, onde a banca de advogados, juntamente com o setor de comunicação e convênios e a diretoria do SSDPFRJ, composta pelo Presidente, Luiz Carlos Cavalcante, o Diretor de Comunicação, Alexandre Guerra, e Diretor Financeiro, Fábio Teles, percorreram do Rio de Janeiro a Campos, ida e volta,  556 km. A delegacia de Macaé apresentou o maior número de Atendimentos Jurídicos, em relação as demais delegacias, foram 17 atendimentos e uma participação efetiva dos associados. O número de carteirinhas também foi elevado e na assembleia, uma das mais cheias e participativas, um dos principais assuntos foi a exigência de ponto biométrico para os policiais.

Motivado pela participação dos servidores, em todas as descentralizadas, o presidente do SSDPFRJ, Luiz Carlos Cavalcante, aproveitou o quórum para abordar a importância de ser sindicalizado. “Diante dos efeitos nefastos das medidas do governo e seu pacote de maldades, fica fácil entender que o maior dos remédios em defesa dos servidores é a participação sindical. Quanto mais servidores participam do sindicato, mais podemos contribuir para a defesa da Categoria Policial Federal, em todos os aspectos; desde a carreira única em Brasília, com apoio da Fenapef, até a defesa dos  PADs e a visibilidade Nacional dos nossos interesses”, discursou o presidente.

 O APF aposentado Carlos, mas conhecido como Baiano, fala da importância de ser sindicalizado. “Cobrei aos colegas a participação sindical, já se sindicalizou? Tá sindicalizado? Se não está, não vai reclamar depois. ”, comenta Baiano, que está aposentado, mas demonstra vigor na participação sindical advertindo os colegas.

Em Campos a equipe do Sindicato foi muito bem recebida e o curso de tiro que parecia esfriar as adesões ao atendimento, proporcionou uma programação diferenciada que acabou trazendo uma movimentação a descentralizada, que alternou entre carteirinhas e atendimento, além de um forte  interesse sobre os convênios, que segundo o Diretor de Comunicação, Alexandre Guerra, os colegas podem solicitar o contato ao representante sindical local, ou pelo e-mail  comunicacao@ssdpfrj.org.br,. “Estamos à disposição para fechar convênios e parcerias para as descentralizadas. Nossa missão é dobrar o número de convênios que temos hoje e trazer uma economia para o servidor”.

Quando se trata de economia e qualidade de serviço, o Diretor Financeiro, Fábio Teles, deixa o recado para todos os associados. “Estamos viabilizando um projeto, onde o custo benefício, para o servidor, está em superávit e os números mostram isso, mas além de números a satisfação dos servidores compensa os esforços da Diretoria e de todos os funcionários do Sindicato, que estão se dedicando 110 por cento, para atender nossos associados”, comenta. Segundo o presidente do SSDPFRJ, Luiz Carlos Cavalcante, o projeto retoma a estrada daqui a três meses, para levar o “Sindicato até Você”, aguardem.