Presidente do SSDPFRJ defende mudança estrutural no modelo de segurança em reunião ordinária do Consperj – SSDPFRJ
Voltar para Notícias
27/09/2018

Presidente do SSDPFRJ defende mudança estrutural no modelo de segurança em reunião ordinária do Consperj

O presidente do SSDPFRJ, Gladiston Silva, participou na última terça-feira (25/9) da mesa diretora, ao lado do secretário de segurança pública do Estado do Rio de Janeiro, general Richard Nunes, da reunião ordinária do Consperj que acontece toda última terça-feira do mês. Durante o evento foi feito uma análise geral das ações realizadas pelos grupos temáticos que compõem o conselho, que é formado por cerca de 60 representantes, entre titulares e suplentes do poder público, sociedade civil e dos trabalhadores da segurança pública.

Durante o evento o presidente do SSDPFRJ, Gladiston Silva, reiterou a posição do SSDPFRJ, da Ansef-RJ e da Fenapef, a favor da mudança estrutural no modelo de segurança pública. A proposta defendida pela categoria é a unificação das polícias no ciclo completo, a entrada única pela base da carreira policial e a unificação dos cargos de escrivão e agente, utilizando uma nova nomenclatura.

“Nosso discurso sempre será no sentido de demonstrar a fragilidade do modelo de segurança pública no Brasil. O Estado tem que sair dessa visão economicista e fazer uma mudança estrutural, ou seja, na base do sistema de segurança pública, que vai desde o ingresso, por carreira única, até a reforma da previdência que hoje altera a aposentadoria especial de quem trabalha na segurança pública.”, explicou o presidente do SSDPFRJ, Gladiston Silva.

O secretário de segurança pública do Rio, General Richard Nunes, fez uma explanação com a apresentação de dados oficiais sobre a gestão intervencionista do governo federal no Rio. Segundo as informações apresentadas, pelo General, a intervenção estava tendo resultados positivos, porém o presidente, Gladiston Silva, concorda que há pontos positivos, mas reafirmou que, diferente do que defende o Estado, aumentar o efetivo de policiais sem fazer a mudança do modelo atual de segurança publica é enxugar gelo.