NOTA DE AGRADECIMENTO

O Sindicato dos Servidores do Departamento de Polícia Federal no Estado do Rio de Janeiro – SSDPFRJ – vem a público agradecer a todos aqueles que de algum modo colaboraram com a justa homenagem realizada ao Agente Especial de Polícia Federal RONALDO HEEREN durante o seu velório e enterro ocorrido no dia 15/02/2020 (sábado) no Cemitério São Francisco Xavier, Charitas, Niterói-RJ.

Não poderíamos nos furtar de nominar algumas das pessoas que tiveram atuação direta e decisiva para que a homenagem transcorresse da forma como fora programada. Assim, indicamos a atuação do Deputado Federal ALUISIO MENDES que não mediu esforços para avalizar o SSDPFRJ e nos colocar em contato com as pessoas certas que poderiam proporcionar os meios para que a homenagem ocorresse. Da mesma forma agradecemos a atuação do Governador do Rio de Janeiro WILSON WITZEL que nos atendeu de forma solícita e solidária com o nosso sentimento e compreendeu perfeitamente a nossa necessidade, autorizando a adoção das medidas necessárias para a execução da homenagem. Também agradecemos o Comandante do GAM/PMERJ, TEN CEL PM COSENDEY, bem como o Major PM LEITÃO e sua equipe formada pelo SGT QUEIROZ, SGT MAURÍCIO e CB NORBERTO pela atuação precisa durante a homenagem.

Por último, agradecemos a nossa co-irmã, Polícia Rodoviária Federal do Estado do Rio de Janeiro, por todo o apoio e o Superintendente da Polícia Federal no Rio de Janeiro, Delegado CARLOS HENRIQUE, que mesmo estando fora do Estado, retornou de imediato para dar apoio ao efetivo. Agradecemos também a todos os policiais federais, policiais rodoviários federais e todas as demais forças que estiveram presentes nessa justa homenagem, sem esquecer dos familiares e amigos de RONALDO HEEREN que estiveram conosco e também receberam nossas homenagens.

O Sindicato dos Policiais Federais do Rio de Janeiro jamais gostaria de mobilizar tantas pessoas para uma homenagem da natureza e nas condições em que foram realizadas, porém não poderia, de forma alguma, deixar passar em branco e se calar diante de um fato tão grave.

 

Gladiston Silva

Presidente SSDPFRJ