Diretoria Rumo Certo do SSDPFRJ é empossada em solenidade na OAB/RJ – SSDPFRJ
Voltar para Notícias
11/09/2018

Diretoria Rumo Certo do SSDPFRJ é empossada em solenidade na OAB/RJ

A nova diretoria executiva do SSDPFRJ, Rumo Certo, eleita para o triênio 2018-2021, juntamente com os suplentes e o conselho fiscal, foram empossados e diplomados pelo presidente da Comissão Eleitoral do Sindicato, Fábio Domingos, na última segunda-feira (03/09). A cerimônia foi prestigiada por cerca de 200 convidados, entre eles, associados do SSDPFRJ e personalidades do meio jurídico, político e sindical, na OAB/RJ. Na ocasião, o SSDPFRJ também celebrou seus 28 anos de fundação e homenageou, por relevantes serviços prestados à sociedade e à Polícia Federal, a procuradora da República, Monique Cheker, o deputado estadual, Iranildo Campos, o vereador Otoniel de Lima, o deputado federal, Hugo Leal e o senador Eduardo Lopes com a medalha do Mérito Policial Federal.

O novo presidente, Gladiston Alves da Silva, presente à mesa da solenidade teceu duras críticas ao atual modelo de investigação e a estrutura das polícias brasileiras e ao seu sistema que, segundo ele, mata e persegue policiais. “Não podemos mais aceitar a figura de atravessadores dentro das polícias, que se apropriam da produção intelectual alheia e posam para fotos como se fossem especialistas em elucidações de crimes. Não podemos mais aceitar que pessoas sem conhecimento prático de base sejam os responsáveis por batalhões, delegacias e postos policiais sem a devida experiência, deixando de lado os policiais com mais de 30 anos de profissão”, afirmou.

O vice-presidente, Luiz Carlos Cavalcante, relembrou o momento difícil em que a sua gestão assumiu o sindicato com crises internas e período pós greve na Polícia Federal e enumerou as diversas realizações feitas, quando o mesmo era presidente do SSDPFRJ. “Ultrapassamos a marca de 1856 afiliados, o que nos coloca muito próximo de sermos o maior sindicato dentro do sistema sindical da Polícia Federal. Sempre tendo os anseios da categoria como norte. Realizamos um verdadeiro choque de gestão com a profissionalização dos sistemas internos de governança e transparência. Conseguimos o maior superávit da história recente da entidade. Em outubro, atenderemos o desejo da categoria de incluir os dependentes no atendimento odontológico do sindicato”, adiantou.

Representando o presidente da Fenapef, Luís Antônio Boudens, o presidente do Sinpef ES, Marcos Firme Reis, destacou o protagonismo e a posição de referência que o sindicato do Rio ocupa na Federação e dentro do país. Ele também aproveitou para defender o APF e vereador de Niterói, Sandro Araújo, presente à posse e acusado por quebra de decoro parlamentar pela Associação Nacional dos Delegados da Polícia Federal (ADPF), porém Marcos Firme afirmou que os 15 mil associados da Fenapef estão solidários ao vereador neste imbróglio e darão todo apoio para que ele continue fazendo o excelente trabalho que ele desenvolve na Câmara de Niterói.

O superintendente da PF/RJ, o DPF Ricardo Saadi, abordou o bom relacionamento que sua gestão quer desenvolver com o sindicato para que administração e servidores sejam beneficiados. Ele ainda falou de seu intuito em valorizar os policiais aposentados. “Estou aberto ao diálogo. A minha presença aqui e do DPF Carlos Henrique e do DPF Sérgio Bussato mostra que valorizamos o sindicato”, disse.

Ainda estavam presentes à mesa o desembargador e presidente do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, André Fontes, o juiz auxiliar da Corregedoria Geral da Justiça do Estado do Rio de Janeiro, Luiz Eduardo Cavalcante Canabarro, e o promotor de justiça e coordenador da 1ª Central de Inquéritos, representando o Procurador Geral de Justiça do Rio, Eduardo Gussem, Marcelo Muniz Neves. Entre os convidados estavam o deputado estadual, Comte Bittencourt, o vice-prefeito de Itaboraí, Wanderson Dias, o juiz federal e vice-presidente da Associação dos Juízes Federais do Rio de Janeiro e Espírito Santo, Walner de Almeida Pinto e o juiz federal e diretor de comunicação da Associação dos Juízes Federais do Brasil, representando o presidente Fernando Marcelo Mendes, Paulo André Espírito Santo Bonfadini, entre outros.