Congresso Direito Sindical

O Vice- Presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais, Luis Boudens, participou nessa sexta-feira, dia 11, na capital mineira, do III Congresso Nacional de Direito Sindical da OAB Federal, ministrando a palestra com o tema “Saúde Ocupacional no Serviço Público: Avanços e Retrocessos”.

Boudens dividiu a mesa de debate com a médica psiquiatra, Dra. Margarida Barreto, com o presidente do Sindicato dos Servidores da Polícia Civil em Minas Gerais, Denílson Martins e com o  advogado especialista em Direito do Trabalho, Dr. Luis Carlos Moro.

Durante a palestra, no Minas Centro, os convidados discutiram as condições de trabalho e o adoecimento do servidor público.

Participando pela segunda vez do evento,  Boudens falou sobre a saúde ocupacional dos policiais federais que sofrem com o estresse, com o assédio moral e com o desgaste.

Os sintomas e os efeitos da falta de saúde no ambiente profissional também foram abordados durante a sua palestra. Segundo Boudens, a queda da produtividade, o desânimo e até a tentativa de suicídio são uns dos efeitos negativos mais comuns entre os profissionais da área de segurança pública.

O número de suicídio dentro da Polícia Federal foi abordado na palestra, e os dados surpreenderam os participantes. “Nos últimos cinco anos, foram 24 casos de suicídios dentro do órgão, número que assusta e mostra o problema grave de saúde ocupacional na corporação”, destacou Luis Boudens.
Os efeitos dos avanços e dos retrocessos na saúde ocupacional no serviço público e na Polícia Federal foram temas apresentados aos participantes.

No final da palestra, o vice-presidente da Fenapef reforçou a importância dessa discussão ganhar corpo e continuar por todo o Brasil.

 

 

IMG_2848

 

 

 

 

 

Por: Miliane de Souza

Fonte: Sinpef/MG para Agência Fenapef