A dupla arroz e feijão – SSDPFRJ
Voltar para Home

A dupla arroz e feijão

Nutricionista Kristhyane de Lima Alves

Perco as contas de quantos pacientes atendo e que relatam que deixaram de comer feijão porque acreditam que vão engordar ou porque foram proibidos por algum profissional.

Parece que virou padrão de muitos profissionais prescrever refeições principais (almoço e jantar) contendo apenas salada e carne grelhada. E assim as pessoas deixam de consumir feijão, um alimento típico da rotina do brasileiro.

Pra você que quer excluir de qualquer maneira o arroz com feijão da sua dieta e só quer comer saladas, você está usando a estratégia errada! Antes do arroz com feijão, preocupe-se com o álcool que você ingere no fim de semana e das outras mil porcarias que você belisca “só no final de semana” e acha que não tem problema porque é “só um pedacinho”. O arroz e o feijão devem ser dosados em relação à quantidade mas não devem ser excluídos porque são importantes para saciedade e são uma boa estratégia para redução de gordura corporal .

A batata doce que você adora tem em 100g., 20 g. de carboidrato e 1,6 de proteína, e o feijão, que você quer excluir da dieta, tem em 100 g., 14 g. de carboidrato e 5 g. de proteína . Logo, além de mais proteico, mais sacietógeno. Se você tem uma digestão ruim e produz gases ao consumí-lo, experimente fazer o “remolho” e trocar a água para depois cozinhar !

A dieta da moda não é a sua! Procure um profissional para te orientar!