Assembleia Geral Extraordinária reúne sindicatos da PF

Evento marcado para os dias 28 e 29, em Brasília, tem Conapef, eleições da Fenapef e plano de saúde na pauta para debate

Os 27 sindicatos de policiais federais já estão reunidos para mais uma Assembleia Geral Extraordinária, em Brasília (DF). O evento, promovido pela Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), teve início nessa terça-feira (28) e segue até quarta (29), com o objetivo de discutir projetos e assuntos de interesse da entidade.

A pauta pela manhã foi a eleição da Fenapef para o triênio 2019-2021, marcada para novembro. De acordo com o presidente da Federação, Luís Antônio Boudens, o assunto é de extrema importância para os novos rumos da entidade. “Queremos ampliar a participação nessa eleição. Nosso objetivo é que o processo seja cada vez mais democrático para que a chave eleita possa exercer a representatividade que lhe foi conferida e realizar os anseios da carreira.”

Boudens também lembrou que muitos policiais federais concorrerão a mandatos eletivos no Congresso Nacional e nos estados. Para ele, a participação de todos é importante nesse processo. “Precisamos unir forças para eleger o máximo de colegas possível, temos que fazer nossa parte”, avisa o presidente.

Para finalizar o primeiro dia de AGE, os sindicatos debateram sobre os planos de saúde, que sofreram mudanças nos últimos meses, e sobre a 17ª edição do Congresso Nacional dos Policiais Federais (Conapef), que ocorrerá em novembro, em Curitiba (PR).

Apoio
O evento abriu espaço para que o agente de PF e vereador de Niterói (RJ), Sandro Araújo, falasse das recentes acusações sofridas por ele. O parlamentar foi acusado de falta de decoro parlamentar por declarações sobre o caso do reitor da Universidade Federal de Santa Catarina, morto em outubro do ano passado.

“Nunca critiquei nenhum colega nominalmente, sempre foi a estrutura, o inquérito”, defende-se. Porém, no início de julho deste ano, a associação de delegados enviou ofício à Câmara Municipal do RJ pedindo a cassação do mandato de Sandro Araújo. “Defendemos que a liberdade de expressão seja preservada. Não houve qualquer quebra de decoro ao grupo de delegados”, lembra Boudens.

Nova sede
O segundo dia da AGE (29) começará diferente. Os representantes dos sindicatos conhecerão a nova sede da Fenapef, no Lago Sul (DF), e participarão de um café da manhã, a partir das 9h30. Depois, retomarão as atividades no hotel Windsor.

Fonte: Fenapef