AGE elege membros da Comissão Eleitoral 2018 e realiza revisão do Regimento Eleitoral do SSDPFRJ – SSDPFRJ
Voltar para Notícias
08/03/2018

AGE elege membros da Comissão Eleitoral 2018 e realiza revisão do Regimento Eleitoral do SSDPFRJ

Mais de sessenta sindicalizados elegeram, por unanimidade, em AGE realizada nesta terça (06/03) que lotou o auditório Sebastião Antônio de Miranda na sede administrativa, os cinco membros da comissão eleitoral que supervisionará o pleito eleitoral que irá eleger a nova diretoria do SSDPFRJ para o triênio 2018/2021. Os associados Fábio Domingos, Ribamar Pereira, Paulo César Picallo, Aluísio Branco e Ronaldo Simão terão a responsabilidade de dar lisura e transparência ao pleito. “Quero registrar nosso agradecimento à presença de todos. Estamos muito honrados que vocês tenham se voluntariado para uma missão tão  importante. A diretoria permanece unida, coesa, firme e marcha para o fim deste mandato com a sensação de dever cumprido. Hoje, a categoria se orgulha de ter um sindicato forte, representativo e atuante, que ela mesma construiu. D esejo um bom trabalho a comissão eleitoral ”, declarou o presidente do SSDPFRJ, Luiz Carlos Cavalcante, acompanhado pelo secretário-geral, Gladiston Alves.
 
Os Sindicalizados também deliberaram sobre  modificações no regimento eleitoral do sindicato revisto pela última vez em março de 2015. As mudanças mais significativas, todas aprovadas por unanimidade, foram a garantia da ampla publicidade ao processo eleitoral em diversos meios (jornal de grande circulação, site e mural), a volta da inserção do conselho fiscal na chapa a ser inscrita na eleição e a retirada da obrigatoriedade do curso de direito sindical aos candidatos aos cargos. “A obrigatoriedade do curso de direito sindical é ultrapassada, dificulta o acesso a diretoria e nós somos uma categoria multidisciplinar.”, defendeu o presidente.
 
Um dos membros da recém-eleita comissão, e ex-presidente do SSDPFRJ, Fábio Domingos, comentou sobre a importância dela e destacou a participação representativa da categoria de forma geral. Segundo ele, os próximos passos são definir internamente os cargos dos membros da comissão e esperar pela inscrição das chapas que concorrerão no pleito. “O trabalho da comissão vai ser cumprir o estatuto para que a eleição ocorra de forma justa e devida. Vamos verificar se as chapas estão correspondendo ao que pede o estatuto e Regimento Eleitoral, abrir prazos para recursos, dentre outras coisas. Esperamos que a eleição seja bem tranquila.”, afirmou.
 
Confira o Regimento Eleitoral com a revisão realizada pela AGE de 06/03/2018